1.png



Menu de opções

1. Formatar Drive com DiskPart
2. GImagex
3. Prompt de Comando
4. Limpar Net use
5. Ver Drivers suportados
6. BCDEdit/BootMGR - WIMs sem Sysprep – (Vista e Windows 7)

Detalhamento
Opção 1 - Formatar Drive com DiskPart
Ao selecionar a opção 1 é executado um script de criação de uma partição primária, formatada em NTFS e a mesma é configurada como ativa. (OBS: é utilizado todo o disco do sistema).
Script executado:
SELECT DISK 0
CLEAN
CREATE PART PRI
SELECT PART 1
ACTIVE
ASSIGN LETTER=C:
FORMAT FS=NTFS LABEL="CDRIVE" QUICK
EXIT


Opção 2 - GImageX
Ao abrir o GImageX o mesmo irá mapear um compartilhamento de nome
"share" no servidor nomeado "imageserver", ex:
Net use Q: \\imageserver\share

Caso o mesmo esteja no domínio, será necessário informar as credenciais
de usuário, ex:

2.png





É Recomendado criar um alias(CNAME) no seu DNS Server apontando para o servidor que irá hospedar a imagem e configurar as devidas permissões NTFS no compartilhamento.
Caso o servidor seja um Windows 2003 Server, será necessário também alterar uma configuração no servidor que hospedará a imagem para que o mesmo esteja acessível através do alias(CNAME), conforme descrito no artigo:

http://support.microsoft.com/kb/281308

Salve o código abaixo como .reg e execute no servidor.
Windows Registry Editor Version 5.00

[HKEY_LOCAL_MACHINE\System\CurrentControlSet\Services\LanmanServer\Parameters]
"DisableStrictNameChecking"=dword:00000001

- Para maiores informações na criação da imagem do Windows 7 leia o artigo: [[(http:/novos-negocios.wikispaces.com/Sysprep Windows 7 Start-to-Finish|Sysprep a Windows 7 machine Start-to-Finish]] contido na nossa wiki.
Informações importantes para imagem base Windows 7
Em uma instalação do Windows 7 através de mídia ou USB em um computador que não possua nenhuma partição primária e ativa definida, será criada uma partição oculta de 200MB aonde serão hospedados os arquivos temporários de instalação e bootloader, que serão ser utilizados no Windows Recovery Environment (WinRE).

Como nosso foco é a criação de uma imagem padrão de Windows 7 para deployment, não é recomendado ter 2 partições a serem capturadas, para evitar este problema devemos seguir a seguinte ordem:

- Criar uma nova unidade, formata-la e configurar como ativa (Opção 1).

- Inserir a mídia de instalação do Windows 7 e instalar normalmente na unidade criada anteriormente.


O.B.S: Caso o Windows 7 seja instalado em um sistema sem um volume já criado e formatado (ex. C:) a instalação do Windows 7 irá criar uma partição primária de 200MB para armazenamento dos arquivos temporários de instalação aonde e armazenado também o bootloader a qual será marcada como oculta no final da instalação, para fins de captura e deployment de imagens, não nos interessa ter mais uma partição, por isso o motivo de ser necessário criar a partição anteriormente a instalação.

Caso os passos acima não sejam executados, será necessário capturar a imagem das 2 unidades e logo após juntá-las em uma única imagem para que o deploy funcione, caso somente seja capturada a unidade do sistema (ex. C:) ao ser feito o deploy, teremos a seguinte mensagem de erro (Ver Opção 6):

3.png

Opção 3 – Prompt de Comando
Esta opção irá abrir um prompt de comando para execução de comandos diversos.

Opção 4 – Limpar Net Use (Após GImageX)
Esta opção irá executar o comando “net use * /delete /yes” para remover todas as referências de unidades mapeadas, caso seja necessário mapear várias unidades de rede.

Opção 5 – Ver Drivers suportados
Esta opção mostra os drivers suportados nesta versão do WinPE, driver que estão presentes na imagem.

Opção 6 - BCDEdit/BootMGR - WIMs sem Sysprep – (Vista e Windows 7).
Esta opção serve para consertar o BootMGR caso seja feito um deploy de alguma imagem que não passou pelo processo de sysprep.
Script executado:
bcdedit /set {default} device partition=c:
bcdedit /set {default} osdevice partition=c:
bcdedit /set {bootmgr} device partition=c:


Abaixo os scripts para WinPE a serem adicionados na imagem.